A Ferrovia do Diabo

“Festcineamazônia, Cinemateca Brasileira e CTAv recuperam filme sobre a Ferrovia Madeira Mamoré”

“A “Ferrovia do Diabo” (1981) foi encontrada no acervo da Cinemateca Brasileira”

O filme remonta à construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré

O filme “A Ferrovia do Diabo” (1981), considerado perdido, foi recuperado e será exibido na 10ª edição do Festival Latinoamericano de Cinema e Video – Festcineamazônia, que acontece de 6 a 10 de novembro, no Teatro Banzeiros em Porto Velho (RO). A obra, produzida pelo cineasta João Batista de Andrade, foi localizada na Cinemateca Brasileira (órgão ligado ao Ministério da Cultura).  

Com a intervenção de Batista e do Festcineamazônia foi possível conseguir a autorização do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) para levar a produção feita em rolo 16 milímetros de São Paulo ao Centro Técnico Audiovisual (CTAv), no Rio de Janeiro, onde está sendo digitalizada e será exibida nos 10 anos do festival. O cineasta da “A Ferrovia do Diabo” também estará presente nesta edição do evento.  

O filme remonta à construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, conhecida como “Ferrovia do Diabo” devido às milhares de mortes ocorridas nas obras. A produção apresenta imagens históricas e trechos dos diários dos trabalhadores, que relembram a imponência da floresta e a ameaça da malária. Este ano é comemorado o centenário da ferrovia.  

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s